Polarização VERTICAL OU HORIZONTAL.

                                                                                                Olá Amigos

Sempre temos ouvido falar, e mesmo visto em livros e revistas, que nos EUA e na Europa os colegas radioamadores, nas suas transmissões em 2 metros,  utilizam a polarização horizontal em suas antenas fixas. Também se tem relatado que esta polarização propicia um rendimento um pouco maior nos contatos de DX!

Pois bem, o colega Pedro PU5RPB da cidade de Castro - PR como bom radioamador e pesquisador, queria fazer um teste com uma antena Yagi na posição vertical e depois alterná-la para horizontal. Como eu também sempre tive a mesma curiosidade  resolvi ajudá-lo nos testes.

Escolhemos o sábado dia 28 de maio de 2005, iniciamos os testes às 15h00min. Contei com o auxílio do colega Maurício-PY5MZ e do Gilson-PY5IW que cedeu a antena Yagi para os testes.

Em anexo está um desenho com o perfil topográfico entre minha estação PY5PA e a do colega Pedro PU5RPB. Como podemos observar as estações não tem visada direta, o que achamos interessante visto ser uma dificuldade a ser vencida em cada situação.

Condições operacionais:

PU5RPB
Antena     Yagi 3 elementos        H= 5 metros do solo
Rádio       Icom IC-2000
Potência   5Watts

PY5PA
Antena    Yagi 7 elementos          H= 7 metros do solo
Rádio       Icom IC-2000
Potência   5Watts

Como os testes foram apenas comparativos entre o sinal obtido na horizontal e na vertical, e as antenas e cabos foram os mesmos nas duas condições, deixamos de levar estes itens em consideração. As potências utilizadas foram citadas apenas como referência.

Resultados obtidos com ambas as antenas em posição vertical:

O sinal recebido por ambas as estações, com o melhor apontamento de antenas, foi de S1, um sinal praticamente constante, algumas vezes caia, mas com grande rapidez voltava ao nível S1.

Resultados obtidos com ambas as antenas em posição horizontal:

O sinal recebido por ambas as estações, com o melhor apontamento de antenas, foi de S3, um sinal que oscilava bastante, mas que em nenhum momento  ficou abaixo de S1.

Resultado com PU5RPB na Horizontal e PY5PA na Vertical:

Não conseguimos estabelecer nenhum QSO. Nenhuma das estações sequer ouviu a outra, mesmo a nível de ruído!

Conclusões que tiramos:

Claro que apenas um teste feito não pode nos dar uma visão geral do comportamento dos sistemas de antenas com relação  a polarização utilizada, mas os resultados apontam para o que já suspeitávamos:

A polarização horizontal é mais indicada para contatos esporádicos em DX, embora pareça sofrer uma maior influência do efeito de desvanecimento dos sinais.

Para a comunicação com estações móveis e repetidoras, as quais se utilizam da polarização vertical, a mesma polarização vertical é recomendada para a antena de nossa estação.

"73's" de 

PY5PA,  PU5RPB,  PY5IW  e  PY5MZ

 

fonte: http://br.geocities.com/grupovhfdoscamposgerais/ - GRUPO DE VHF DOS CAMPOS GERAIS